Birds Are Indie

23 Julho, 2016 – 17h00
// Parque Aquilino Ribeiro (Palco João Torto)

Concerto: Folk, Pop
Duração: 60 min. aprox.
Com: Ricardo Jerónimo, Joana Corker, Henrique Toscano.

Birds Are Indie nasceram em 2010, em Coimbra, entre Ricardo Jerónimo e Joana Corker, que se apaixonaram há 18 anos e aos quais se juntou Henrique Toscano, um amigo de longa data. Depois de alguns EPs, um tema do álbum “How Music Fits Our Silence” foi incluído nos Novos Talentos FNAC 2012. Sendo uma banda independente, tem-se afirmado junto do público e da crítica, contando com uma discografia assinalável, em vários formatos, onde se incluem ainda “Love Is Not Enough” (2014) e o mais recente “Let’s Pretend The World Has Stopped” (2016). Já tocaram por todo o país e um pouco por Espanha e continuam a ser um projecto absolutamente descomprometido, onde o mais importante persiste, ainda: o amor e uma pop íntima e sincera, baseada em canções que umas vezes nascem alegres e outras vezes tristes, consoante ditam os dias.

RICARDO JERÓNIMO

Nasceu em Coimbra (1980). Licenciado em Arquitectura pela Universidade de Coimbra (2004) e Doutor em Teoria e História da Arquitectura, na mesma instituição (2013). Membro fundador da banda “Birds Are Indie”. Colaborador da Rádio Universidade de Coimbra, desde 2006, onde tem realizado diversos programas de autor. Associado, desde 2008, da Lugar Comum (Associação Cultural sem Fins Lucrativos), de Coimbra, estando a seu cargo a programação e produção de concertos nesta cidade.

JOANA CORKER

Nasceu em Coimbra (1980). Licenciada em Design de Comunicação pela ARCA-EUAC, em Coimbra (2003). Colaborou directamente com diversas empresas de Design, tendo também desenvolvido trabalho de freelancer. Membro fundador da banda “Birds Are Indie”. Vencedora da Maratona FNAC de Coimbra 2014 (3º lugar em 2008 e 2009). Associada, desde 2008, da Lugar Comum (Associação Cultural sem Fins Lucrativos), de Coimbra, estando a seu cargo o design de cartazes e website.

HENRIQUE TOSCANO

Nasceu em Coimbra (1981). Licenciado em Som e Imagem pela Universidade Católica do Porto (2007) e Mestre em Design de Som, na mesma instituição (2009). Gravação e produção da discografia de “Birds Are Indie”, do EP “Mais Grande” de Gobi Bear e do disco “Ritmos em Blues” de Rui Azul. Gravações ao vivo para o Grupo de Música de Câmara “La Farsa” e para o “Coro da Fundação António Cupertino de Miranda”. Frequentou o Conservatório de Coimbra em Estudos de Canto (1999-2001). Membro fundador do Coro Schola Cantorum (1998-2001) e elemento do Coro dos Pequenos Cantores de Coimbra (1987-1993).

MAIS

Facebook dos Birds Are Indie
Bandcamp dos Birds Are Indie

VIDEO