MoFrancesco Quintetto

23 Julho, 2017 – 18h30
// Parque Aquilino Ribeiro

Concerto: Jazz, World Music.
Duração: 75 min. aprox.
Com: Miguel Moreira (Bateria); Diogo Vida (Piano); Francesco Valente (Contrabaixo); Johannes Krieger (Trompete); João Capinha (Sax, Flauta).

O projeto nasceu em 2011, na Escola Superior de Música de Lisboa, por ocasião do recital final da licenciatura em música Jazz de Francesco Valente. A seguir, a formação começou a atuar em Lisboa em vários lugares onde existe uma programação semanal de Jazz nacional e internacional, começando a atuar também no contexto dos festivais (Douro Jazz Festival, Sintoma Jazz Festival, Festival Cinema Italiano, Volvo Ocean Race, Out Jazz, Serões da Nova com David Murray, etc.
A formação conta atualmente com a colaboração de: Miguel Moreira (Bateria); Diogo Vida (Piano); Francesco Valente (Contrabaixo); Johannes Krieger (Trompete); João Capinha (Sax, Flauta). O Quinteto propõe um jazz moderno e fusão entre música mediterrânea, clássica e ritmos latino-americanos/africanos. O objetivo é o de juntar uma matriz original à linguagem da música improvisada e jazzística.

O ensemble já editou vários discos:

– “Maloca”, 2013. O álbum foi editado pela label americana Art Of Life Records, que o disponibiliza em formato digital na sua página e em várias lojas online (Itunes, Spotify etc.). O disco é distribuído em formato físico nas lojas em Portugal, com a distribuição da casa discográfica Ponto Zurca.
– “Piedra Solar” 2014. O álbum foi editado pela label portuguesa Sintoma Records, que o disponibiliza em formato digital na sua página.
– “Kucheza”, 2016. O álbum foi editado pela label portuguesa Sintoma Records, que o disponibiliza em formato digital na sua página.

“The MoFrancesco Quintetto, led by super-bassist Francesco Valente is one powerhouse group that will blow your socks off playing originals anchored in hardbop with an Iberian twist, but who also can show a softer, more melodic side”.

Budd Kopmann – All About Jazz

“Maloca is a refreshing and invigorating session that stays within tradition while still exploring and creating a new voice. A solid debut from Francesco Valente and his MoFrancesco Quintetto. Highly recommended”.

JazzWrap

“Jazz has certainly come a long way since its early beginnings, whose free spirit and richness of form means that one could easily spend a whole lifetime marvelling at its infinite variety. And none more so than on Kucheza, the MoFrancesco Quintetto’s sublime and engaging new album. Based in Lisbon, Portugal, European jazz doesn’t get any better than this”.

Sacha O’Grady – All About Jazz

“The music that results is soundly rooted in Latinesque jazz with a further, almost indefinable refinement that no doubt results from Valente’s august education. The compositions are complex, yet melodic and the instrumental support and integration is completely formed, precise and accurate”.

C. Michael Bailey – All About Jazz

FRANCESCO VALENTE

Francesco Valente, natural de Itália, vive em Lisboa há 20 anos. Licenciado em Letras em Música na Escola Superior de Música de Lisboa (ESML) – Variante Jazz. Estudou música com Afonso Pais, Massimo Cavalli, Nelson Cascais, Bernardo Moreira, João Moreira, Pedro Moreira, André Fernandes. Frequentou Workshops com David Binney, Carlos Bica, Carlos Barretto, etc. Toca contrabaixo e baixo eléctrico em projetos como Terrakota, Tora Tora Big Band, Chibanga Groove, Orquestra Todos, Anonima Nuvolari, JP Simões, etc. Tocou e toca em numerosos festivais nacionais e internacionais, no contexto da World Music, Pop e Jazz. Conta com numerosas colaborações e gravações de discos, atua no MoFrancesco Quintetto em qualidade de líder. Toda a discografia do artista pode vista aqui.

MIGUEL MOREIRA

Nasceu em Lisboa no ano de 1985. Inicia os seus estudos musicais em 2003 na Escola Metropolitana de Música de Lisboa. Em 2004 ingressa na Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal. Entre 2007 e 2008 representa por duas vezes a Escola, no Festival Portugal Jazz, no CCB e na Festa do Jazz no Teatro São Luiz onde lhe é atribuído o prémio de melhor instrumentista (Bateria). Em 2008 conclui o 4.º ano do curso de Jazz do Hot Clube de Portugal e inicia a sua Licenciatura em Música – Variante Jazz – na Escola Superior de Música de Lisboa. Licenciado em 2011 prossegue a sua atividade profissional como músico e também como professor em várias escolas.

JOHANNES KRIEGER

Trompetista, compositor e arranjador que é natural de Freiburg na Alemanha e reside em Portugal desde 2000. Em 2008 começou a ensinar na Universidade de Évora como professor de trompete de jazz. Atualmente está a dirigir os seguintes projetos musicais: Tora Tora Big Band, Jungle Jazz Orchestra, Reunion Big Jazz Band, Chibanga Groove e 3 Bass Hit. Também faz parte dos conjuntos: Orquestra Todos, Big Band do Hot Clube de Portugal, Tumbala, Quarteto de Yuri Daniel, Interlúnio, André Cabaço e Danae & Os Novos Crioulos. Mais em: www.johanneskrieger.com.

DIOGO VIDA

Em 2001 muda-se para o Porto para frequentar a licenciatura em Jazz na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE) e reside nesta cidade até 2006. Em 2007 muda-se para Barcelona, onde participa ativamente na panorama musical catalão. Em 2011, já de regresso a Portugal, edita o álbum de estreia “Alegria” para a editora Numérica. Em 2013 é editado o álbum “Próxima Estação” pela Sintoma Records. Em 2014 participa no filme “Os Maias”, de João Botelho, onde representa o papel do Maestro Cruges, interpretando ao piano obras de Beethoven e Merikanto. Atualmente a sua atividade musical intensifica-se, através da participação em gravações e concertos em vários contextos musicais e da exploração de novos projetos. Mais em www.diogovida.com/.

JOHANNES KRIEGER

Frequentou o Conservatório de Caldas da Rainha, tem Licenciatura em Jazz (ESML) e frequenta o Mestrado em Música na ESML. Frequentou diversos workshops/masterclasses. Trabalhou com vários professores como Mário Marques, Perico Sambeat, Henk Van Twillert, Pedro Moreira, Bernardo Sassetti, Greg Tardy, Francisco Blanco “Latino”, John Swana, Pedro Madaleno, Michel Lauren, Adelino Mota, Jorge Reis, Lars Arens, Afonso Pais, Bernardo Moreira, Nelson Cascais, Felipe Melo, etc. Gravou com as seguintes big bands: Big Band do Município da Nazaré, Reunion Big Band e Tora Tora Big Band. Integra atualmente a Big Band do Município da Nazaré, Reunion Big Band, Tora Tora Big Band, Big Band do HCP, doBop (Quarteto de Saxofones) e J.C. Project. Como freelancer tem participação em diversos projetos dos quais se destacam: 20 canções para Zeca Afonso, Tabanka Djaz, Eduardo Paim, MoFrancesco Quintetto, etc. Mais em www.joaocapinha.pt.am.

MAIS

www.francescovalente.net
Soundcloud
Facebook
Youtube
“Kucheza” (2016), álbum
“Piedra Solar” (2014), álbum
“Maloca” (2013), álbum

VÍDEO