Quentin Collins’ Electrocution

22 Julho, 2016 – 22h00
// Parque Aquilino Ribeiro

Concerto: Jazz
Duração: 60 min. aprox.
Com: Quentin Collins (trompete/flugel), Andrew McCormack (teclados), Moyses Dos Santos (baixo), Jamie Murray (bateria).
DSC08439

QUENTIN COLLINS
Durante duas décadas Quentin Collins trabalhou com uma vários artistas reconhecidos internacionalmente em diferentes géneros e assim tem-se vindo a estabelecer com um dos trompetistas de top europeus no Jazz/Comercial.
Na esfera comercial, Quentin partilhou palco com Basement Jaxx, Beverley Knight, Girl’s Aloud, Alicia Keys, Boy George, Mark Ronson, Omar, Prince; Loena Lewis, Terri Walker, Noah & The Whale, Jeff Beck, Carleen Anderson, Natalie Williams e muitos outros.
Entre músicos de jazz, já trabalhou com Tony Kofi, Jean Toussaint, Joel Frähm, Jason Rebello, Gregory Porter, Will Vinson, Roy Hargrove, Fred Wesley, Troy Miller, Kyle Eastwood, Nick Vayenas, para nomear apenas alguns.
Para deleite da crítica, Quentin lançou, em 2007, o seu álbum de estreia “If Not Now, Then When?”.
A revista Jazzwise escreveu: “Estreia intensa e impressionante”, já The Guardian disse “As harmonias aventurosas de Brooker Little e a melodia rica de Alex Sipiagin ambas podem ser ouvidas no trabalho que Collins nos apresenta.” A revista MOJO, que votou o disco um dos melhores dez do ano, escreveu “surpreendente estreia de um trompetista cujo estilo é um passo em frente na estética de Morgan/Hubbard”.
Atualmente, Quentin co-lidera o quarteto QC/BA. Ao longo de vários anos o quarteto fez digressões pela Europa e contou com as participações especiais de Soweto Kinch, Antonio Forcione; Hamish Stuart e Omar. Em 2011, lançaram o álbum “What’s It Gonna Be?”. Muito bem recebido, o álbum levou-os a tocam ao Scarborought Jazz Festival, The Forge and the King’s Place (Londres), Victoria Hall (Settle), etc.
Em 2013, o primeiro álbum de Kyle Eastwood, onde Quentin trabalhou como interprete e compositor, é publicado e aclamado pela crítica. O mesmo se repete em 2015, com o segundo álbum “Time Pieces”.
Recentemente, Quentin tem trabalhado como produtor, tanto nos seus próprios projetos como no de outros. Para além disso, desde 2001 que é professor na Dordogne Jazz Summer School.
É de referir ainda que Quentin Collins toca com daCarbo Trumpets.

JAMIE MURRAY

Jamie começou por ter aulas de bateria com 11 anos e cedo percebeu que era isso que queria para o resto da sua vida. Decidido a tornar o sonho realidade, com 16 anos muda-se para Londres para poder estudar música.
Murray acaba por ganhar reconhecimento como um dos melhores bateristas emergentes da cena Londrina.
Atualmente toca com Knoel Scott Quartet (Sunra arkestra), The Charlie Stacey trio e the Luca Boscagin Quartet.

ANDREW McCORMACK

Em trajetória ascendente, Andrew McCormack é um pianista e compositor britânico com planos que o farão catapultar-se no panorama mundial do jazz em 2016.
Atualmente, Andrew lidera o seu próprio grupo, seja em forma de trio ou quarteto. O seu último álbum, First Light, foi reconhecido mundialmente e por parte da BBC Music Magazine recebeu 5 estrelas em outras tantas possíveis. Compõe, grava a viaja pelo mundo com Kyle Eastwood, filho do ator e realizador de cinema Clint. Recentemente, completou uma tour muito bem sucedida com Jamie Cullum nos E.U.A.

MOYSES DOS SANTOS

O baixista Moyses dos Santos é mais conhecido por ter fundado juntamente com Pete Ray Biggin (Incognito, Level 42), a banda Lola’s Day Off.
Nascido em São Paulo, Brasil, a carreira internacional de Moyses ganhou fulgor com a sua mudança para Londres, em 2000. Desde então tem viajado em tour por toda a Europa e América do Sul com várias bandas reconhecidas. Tem ainda trabalhado regularmente em estúdio. O seu primeiro álbum discográfico, amplamente aguardado, será conhecido ainda este ano.

MAIS

www.quentincollins.com
daCarbo Trumpets

VÍDEO