Rádio Rossio

18 a 23 Julho, 2017 – 10h00 e 14h00
// Rossio (Praça da República)

Instalação
Duração: 2h p/sessão, 2 sessões por dia.
Coordenação dos programas: Catarina Machado & Ana Bento.
Locução: Catarina Machado, Ricardo Augusto, Cristóvão Cunha, André Marques Santos, Maria Inês Santos, Fausto Silva, João Miguel Almeida, Pedro Serra, Daniel Belo e Coletivo Rádio Rossio 1978.
Produção dos programas: Gira Sol Azul.
Intervenção artística na caravana: L Filipe dos Santos.

No tempo em que a internet e os meios móveis cada vez mais absorvem a nossa atenção, a rádio continua a ser a ferramenta de transmissão de conteúdos mais acessível a todas as pessoas. Conscientes disso a Rádio Rossio, que teve estreia na edição de 2015, regressa sobre rodas para a sua 3.ª edição e mais animada do que nunca. Serão 11 emissões, distribuídas pelos seis dias do festival, a transmitir a partir do Rossio. Este ano juntamos vários radialistas, com percursos em rádios locais e nacionais, que nos chegam de diferentes frequências, entre outras da RUC ou da RTP/Antena 1 e 3, mas também de Viseu de outros tempos como o Coletivo Rádio Rossio 1978.

Nesta edição, a Rádio, apesar de fixa ganha rodas: é uma caravana. Para a tornar única, convidámos o artista plástico L Filipe dos Santos para intervir na estrutura, desde as suas entranhas até à face exterior. Esta é uma Rádio que convida a ser visitada. As emissões, essas fazem-se de conteúdos variados, desde a divulgação do próprio Festival, à música ou entrevistas com artistas, entre outros momentos que podem surpreender quem por lá passa.

Programa

18 JUL. // Terça-feira
10h00: Catarina Machado
14h00: Ricardo Augusto

29 JUL. // Quarta-feira
10h00: André Marques Santos e Maria Inês Santos
14h00: Pedro Serra

20 JUL. // Quinta-feira
10h00: Fausto Silva
14h00: João Miguel Almeida

21 JUL. // Sexta-feira
10h00: Cristóvão Cunha
14h00: Nuno Polónio

22 JUL. // Sábado
10h00: Catarina Machado e Ricardo Augusto
14h00: Daniel Belo

23 JUL. // Domingo
10h00: Coletivo Rádio Rossio 1978

Sobre algumas das emissões e radialistas

#01 Open Mic

18 de Junho, 10h00
COM CATARINA MACHADO
Desvenda-se a programação desta edição do Festival de Jazz de Viseu, com o microfone aberto para quem passa. E com os convidados surgem conversas paralelas, longitudinais e transversais. Sobre rodas estáticas, a música voa, sem éter, levada por ondas mecânicas ao redor das tílias.

Catarina Machado
Desde cedo mostrou interesse e tomou contacto com a realidade da rádio. Frequentou a Ação de Formação de Programação na Rádio Universidade de Coimbra. Em sequência, exerceu durante alguns anos funções nesta rádio, como locutora/realizadora de diversos programas. É colaboradora da Rádio Estação Diária, destacando-se o programa Estação Nacional. Desde o seu início, em 2015, é locutora e, a par com a Ana Bento, coordenadora do projecto Rádio Rossio.

#02 Vozes (do jazz) e não só…

18 de Junho, 14h00
COM RICARDO AUGUSTO

Neste programa Ricardo Augusto convida-nos a visitar algumas das Vozes que o fazem fechar os olhos para melhor as ver e ouvir. O convite está feito. Das 14h às 16h e picos vai ser dado destaque a quem faz da voz o seu instrumento… e não só.

Ricardo Augusto
Nascido em 1979, desde muito cedo ligado à música pela mão do seu avô. Músico com trabalho feito na área da música tradicional em fusão com outros estilos e com trabalhos na área vocal quer como cantor ou como orientador de coros. Esteve na primeira edição da Rádio Rossio em 2015 onde apresentou um dos programas dedicado às orquestras de jazz norte americanas.

#03 Só se for Jazz

19 de Junho, 10h00
COM ANDRÉ MARQUES SANTOS E MARIA INÊS SANTOS

André Marques e Maria Inês são os Santos da Rádio Rossio, mas não fazem milagres. A sua aparição matinal de quarta-feira promete duas horas pouco comedidas, em que desculpa não se pede, levita-se. Além de música criteriosamente selecionada pelos Santos, há conversa com alguns artistas do festival em que não se deixa para amanhã o que se pode falar Jazz.

#04 Portuguese Pedro Radio Show

19 de Junho, 14h00
COM PEDRO SERRA

Programa de autor com mais de uma d´cada de existência, que vai para o ar na Rádio Universidade de Coimbra todas as semanas. Divulga as raízes do Rock com origem nos USA nos anos 50 assim como o Rockabilly, Hillbilly, Honky TonK e Rhythm’Blues.

#05 Santos da Casa

20 de Junho, 10h00
COM FAUSTO DA SILVA

Produção nacional.
Expõe-se o raro e rareia-se o exposto.
Dos velhos discos do sótão e da cave aos novos mais escondidos.
Muita música e algumas ideias.
Novidades, novidades só aqui.

Fausto da Silva
Nasceu para a rádio em 82. Primeiro CER/AAC e depois RUC.
Quando a rádio dos estudantes sintonizou a cidade de Coimbra, levou para o éter a música portuguesa.
Baptizou o rebento de Canto Lusitano.
Nos últimos 25 anos é um dos realizadores/locutores do Santos da Casa.
Colaborou com alguns jornais, rádios e revistas. De destacar o jornal LP e a revista Ritual, só para citar alguns casos.
Formou uma editora, com nome de estação de comboios, Coimbra B.
Criou em Coimbra os Estúdios Agitarte, por onde passaram centenas de grupos de diversas sonoridades musicais.
Correu o país a ver vedetas e bandas mais desconhecidas. Fotografou centenas de artistas.
Já agenciou bandas.
Tem tantos discos, cds e cassetes de grupos portugueses que é difícil saber onde param todos.
Continua a acreditar que a música portuguesa tem futuro.

#07 Outra Vez Arroz?!?

20 de Junho, 14h00
COM JOÃO MIGUEL ALMEIDA

Programa radiofónico de desmistificação do absurdo.
Musica ligeiramente surreal, interpretada por artistas nao menos surreais.
Do jazz ao stoner, do folk ao dub, do pop ao avant-garde

João Miguel Almeida
Resmungão incorrigível, hipster em constante negação.
Nascido na década de 70, melómano desde finais da década de 90.
Fez parte de algumas bandas obscuras durante os seus teen-years, a é actualmente um ávido consumidor de todo o género de música.
Gosta de sarcasmo, ironia e da tua prima.
Detesta xico-espertismos.
Por mera curiosidade, fez o Workshop de Rádio proposto pelo Festival de Jazz de Viseu, e sem saber ler nem escrever, aqui está ele.

#07 Via Americana

21 de Junho, 10h00
COM CRISTÓVÃO CUNHA

Viagem pelo cancioneiro da Americana. Desde as raízes aos novos valores. Always on the run.

Cristóvão Cunha
Formou-se em Comunicação Social na ESE de Viseu e em Comunicación Audiovisual na Facultad de Salamanca. Chegou a participar em programas de rádio na secundária, na Rádio Clube de Arganil e Rádio SomCentro em Carregal do Sal, estagiando na TSF em 1999. Agora trabalha em luz, em espectáculos de vários profissionais de dança e teatro, sem nunca esquecer a paixão pela rádio e pela música.

#08 Rossio n’outro Jazz

21 de Junho, 14h00
COM NUNO POLÓNIO

Transporte para a independência sonora. Guitarras convictas afinadas em folk, em indierock ou outra escala alternativa. Hinos à felicidade colectiva.

Nuno Polónio
Nuno Polónio fez da rádio o seu hobbie durante mais de uma década. Autor de programas em rádios da cidade de Viseu, repórter e divulgador.

#09 Discos pedidos e outras histórias

22 de Junho, 10h00
COM CATARINA MACHADO & RICARDO AUGUSTO

Em conversa que dificilmente se manterá a dois, tocam-se discos pedidos, chama-se o público e espalha-se a sadio in situ pela praça.
Haverá pregões para chamar os curiosos, com histórias à mistura e muita vontade de ouvir cantar os melhores. Um programa de porta aberta…

#10 A Pergunta

22 de Junho, 14h00
COM DANIEL BELO

“A pergunta” repete-se. Que jazz é este?
Que caminhos seguiu a música improvisada? Onde nos trouxe a evolução do jazz?
Um programa para encontrar respostas ou adensar as dúvidas sobre a capacidade do jazz se reinventar e surpreender.

Daniel Belo
Jornalista, melómano assumido. Homem da rádio

#11 1978

23 de Junho, 10h00
COM COLETIVO RÁDIO ROSSIO DE 1978

E aqui se comprova que tudo que podia ser inventado já foi inventado. Dito histórico, porque a Rádio Rossio já vem de outros carnavais. Vai surpreender este coletivo, que em 1978 fazia rádio em espaços da cidade! Começou no liceu e rapidamente desceu e se instalou no rossio de Viseu. Este ano volta para fechar a programação da atual Rádio Rossio. Estes amigos voltam, tantos anos depois, a juntar-se à roda dos microfones.