Triciclo Vivo

26 Julho, 2014 – Largo Pintor Gata

Concerto
Duração: 1h30 aprox.
Músicos: Miguel Almeida (bateria), Ricardo Martins (baixo), João Mortágua (sax)

Uma bateria abrangente (Miguel Almeida) com um baixo bem presente (Ricardo Martins) criam uma estrutura sónica, com muito espaço e informação num duo sólido, transformando-se num trio com a participação de João Mortágua (sax), adicionando melodias, sons, ruídos e ritmos despertando a atenção do ouvinte (dançante ou não), que é levado a criar paisagens mentais e emocionais numa experiência única a cada bpm.

JOÃO MORTÁGUA
João Mortágua é natural de Estarreja, frequentou a escola de jazz do Hot Clube de Portugal e licenciou-se em Músi-ca-Jazz pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (Porto), havendo integrado a sua BigBand e o Septeto premiado na Festa do Jazz do São Luiz 2007. Participou no 39º Seminário do Siena Jazz, tendo obtido uma bolsa para a 40ª edição. Tocou em espaços como o Hot Clube, Onda Jazz, Maxime, Mundo Mix PT, Museu da Electricidade (Lisboa), ESMAE, Hot Five, Maus Hábitos, e-Learning Café, Plano B e Indústria (Porto), Teatro Gil Vicente (Coimbra), SuperBockSuper Rock (Porto), Boom Festival (Idanha-a-Nova), Guimarães Jazz, Festival de Jazz de Portimão e Festival de Jazz de Valado dos Frades. Participou na gravação dos álbuns “Joyce” (Zelig), “OurSecretWorld” (OJM+KurtRosenwinkel) e “Agromando” (Iago Fernandez). Enquanto trabalha em projectos como o seu quarteto “Janela” ou o trio experimental “m3”, toca também com grupos emergentes da cena portuguesa como o sexteto de José Miguel Moreira ou o quinteto de Gonçalo Moreira.